Área Restrita - Somente para empresas associadas
SETPES - NotíciasHome > Noticias > Aedes Aegypti - Você não sabe tudo sobre, mas vai saber aqui. >

Aedes Aegypti - Você não sabe tudo sobre, mas vai saber aqui.

Um mosquitinho está ameaçando a saúde do mundo, parece cena de filme. Mas a OMS decretou estado de emergência em função das doenças causadas pelo Aedes Aegypti, Dengue, Zyca e Chikungunya, que são doenças sérias e podem ser fatais. Muitas coisas são ditas sobre, mas a população não está suficientemente informada e alerta.


Ações simples, mas frequentes, podem evitar a reprodução e erradicar o problema. Confira a lista de coisas que você ainda não sabia sobre o assunto e a prevenção:


- O ciclo de vida, dos ovos ao mosquito, é muito rápido. 3 a 10 dias são suficientes para que novos mosquitos Aedes Aegypti saiam voando e infectando mais pessoas, além de originarem mais mosquitos. Por isso, a revisão e limpeza de todo e qualquer depósito de água deve acontecer frequentemente. Além disso, lave muito bem os locais e o chão, usando cloro, pois os ovos do mosquito podem resistir por até 450 dias em local seco, até que haja água novamente e possam eclodir, bastando um minuto de água para que a fêmea deposite seus ovos no local. Lembrando que o mosquito deposita seus ovos em água limpa e suja.


- Todo mundo fala em revisar o quintal e a varanda, mas os focos vão além daquilo que vemos. Muitas geladeiras tem um compartimento de água na parte de trás, que deve ser esvaziado e lavado frequentemente. Uma sacola plástica ou uma tampinha de garrafa, que acumule um pouco de água, já é um criadouro em potencial. A caixa d’água é um lugar propício, se não for completamente vedada, inclusive o “ladrão”. Jogar lixo na rua é oferecer diversas oportunidades ao mosquito. Ralos devem ser mantidos fechados. Banheiros de pouco uso devem ter seus vasos mantidos com a tampa fechada. A lavanderia (área de serviço) pode estar minada de focos, máquinas de lavar, tanquinhos, baldes e bacias devem ser esvaziados ou fechados frequentemente. Piscinas devem ter a água tratada e devem ser fechadas, além da limpeza frequente dos ralos e canaletas de drenagem.


- Use repelente durante o dia, repassando conforme o tempo de duração indicado pelo fabricante. Pois, o mosquito pica durante o dia e é silencioso, além de não deixar marcas na pele.


- Prefira roupas claras, pois o mosquito se sente atraído pelas roupas escuras.


- Converse com seus vizinhos, colegas e amigos e incentive-os à prevenção.


- Eleja um dia na semana para fazer a vistoria meticulosa na casa/apartamento, conforme orientações acima e as já conhecidas sobre pneus, vasos de plantas e garrafas. Assim, você cria um hábito que pode salvar a vida da sua família e vizinhos.
Fontes: Metro, Veja e Governo Federal.



Rua Constante Sodré, 265 - Santa Lúcia - CEP: 29055-420 - Vitória - ES - SETPES
SAC: (27) 2125-7602 Email: sac@setpes.org.br © Copyright 2011. Todos os direitos reservados